02 maio 2009

Um Rio Ave x SC Braga atribulado

Depois de duas semanas a falar de incidentes com adeptos, chocamos de frente com o velho ditado português, “não há duas sem três”.
Mais uma vez, com as bancadas bem compostas a acompanharem um fraco jogo de futebol , as falhas de segurança começaram a fazer-se sentir desde inicio.
Incrivelmente, e com tanto espaço na bancada, os adeptos do Rio Ave ficaram misturados com os do SC Braga, sendo inclusivamente as claques do Rio Ave mudadas de local depois de grande parte dos adeptos visitantes já terem entrado nas bancadas. No mínimo caricato!
Ok, acho natural muitos pensarem, “então e qual é o mal?”. Não deixo de concordar a violência devia ficar à margem dum acontecimento desportivo, mas recorrendo a leis, e sabendo nós que isto é uma bela histórinha para se contar às crianças, existem leis que dizem explicitamente que os adeptos devem ser separados! É quase certo que a forma de tapar os olhos ao “Zé Povinho” vai ser multar o Rio Ave e pronto, já podem dizer, - Vêm a justiça funciona…
Como é natural, não podemos falar de comportamentos muito anti-sociais durante o jogo, mas que houve algumas trocas de “carinhos” houve.
Agora chegamos a uma parte que me faz ter uma sensação de “deja vu”, solução de todos os problemas do mundo, a polícia depois de não ter organizado a saída dos adeptos arsenalistas decentemente vê-se, ao que parece (sabe-se lá se haveria outra solução), obrigada a “molhar a sopa” como eles tanto gostam de dizer. Uma expressão destas, digo eu, que é proferida com satisfação, o que revela que estas pessoas têm satisfação em distribuir pancada.
Agora tomando, eu, posse da satisfação de proferir uma expressão, diria que pelos vistos os adeptos do Sporting de Braga e os adeptos do Vitória de Guimarães arranjaram um grupo de “amigos” em comum.
Para finalizar, e deixar apenas em aberto aquelas coisas que toda a gente gosta de vir comentar, o tradicional quem bateu mais e quem deixou de bater, uma das camionetas de adeptos (eram elas apenas duas e não foram requisitadas pelas claques) foi atingida por um objecto que partiu um vidro. Sim, contínuo com aquela afirmação que fazemos sempre, condenamos estas atitudes! Mas para além de condenar apenas, deixo aqui uma questão em aberto. Isto aconteceu a não mais de 500 metros do estádio. A polícia foi a acompanhar a camioneta enquanto houve trânsito, mas aí já não havia ninguém. Só vejo uma resposta para isto. A polícia não estava minímamente preocupada com o que se passava ou deixava de passar com a camioneta, quis foi passar a fila de trânsito o mais rápido possível e logo abandonou a desculpa que estava a fazer escolta à camioneta para se porem na alheta.
Bem, não vou alimentar mais estas guerrinhas, como dá para ver acho que em vez de guerrinhas deveríamos estar unidos contra um grave cancro que nos ameaça a cada jogo.
Amanhã nas manchetes vem a notícia do empate em jogo ameno e com as típicas frases feitas de que um clube deu 45 minutos de “avanço” ao outro, o outro depois de jogar muito bem na primeira parte começou a jogar para trás do pau nos últimos 15 minutos, é isto que interessa aos nossos jornaleiros.
Não estamos muito longe de termos 4 paredes no estádio em vez de 4 bancadas, não estaremos muito longe de termos uma simulação em casa onde nos encontramos no meio do jogo, só me pergunto quanto vai durar essa forma de ver o futebol porque quando um sistema se desequilibra, e neste caso o desequilíbrio é caminharmos para a extinção dos adeptos de bancadas, todo o sistema acaba por morrer. Para além disso espectáculo no campo não é coisa que se veja nessas tais imagens 3D porque se todos os jogos forem como este que aliás são o pão-nosso de cada dia no campeonato português, pouco há para ver! Creio que o resumo do jogo conseguirá ser mais excitante.
Já agora, qual foi a posição tomada pela APA (Associação Portuguesa de Adeptos) em relação ao sucedido no Leixões x Guimarães? Andaram a contar novamente quem fuma e deixa de fumar dentro do estádio?
Em jeito de desabafo final, isto faz-me lembrar capitães de Abril que depois de matarem inocentes ainda são condecorados e indemnizados.
E assim se afunda a justiça em Portugal!

8 comentários:

JL_eddy_76 disse...

muito bem dito!

Realense disse...

Tudo isto começou com um boia, que estupidamente foi pedir a identificaçao a um adepto do braga e da Claque (razao pela qual o boia foi la) por estar sentado e com os pes esticados em cima da cadeira da frente.(isto contado ninguem acredita) Eu pergunto para que e que o bofia foi la? Eu sei, queria confusao, ja sabia que se fosse la depois os outros adeptos se iam enervar e tinham depois razao para distribuir.

Estamos mais seguro ao lado dos ladroes do que ao lado desses ACAB de merda!!

Administrador disse...

Fui com o meu filho de 6 anos ao futebol,ja não é a primeira vez que o levo.

Mas ontem ele assistiu a tudo e chegando a casa disse ele.
Pai eu não quero mais ir ver o BrAGA.
eU PORQUE FILHO.
eLE RESPONDEU OS POLICIAS BATEM MUITO.

Lá esta o futebol tem que ter o seu espectaculo. Mas quem tem que dar o espetaculo não o da, dão outros.

Cada dia que passa, penso melhor se saio de casa para ir ao futebol.

GMR disse...

Sem hipocrisias estou completamente solidário, isto já ultrapassou os limites, temos duas soluçóes ou deixamos os estádios vazios ou de uma vez por todas tem de haver união e lutarmos seja no sentido que for, já não á pacienca para estes furstrados que lhe dão o nome de agentes da lei.

Sócio nº 4567 disse...

BAsta de repressão


http://braga-sempre.blogspot.com/2009/05/repressao-nas-bancadas-continua.html

carlos disse...

acab

red boys fontainhas

FAMABOYS 1990 disse...

Infelizmente acontece isto em todos os estádios e em todos os escalões. Nós próprios sofremos com a repressão seja em casa ou fora e andamos pelos campeonatos distritais!!
Estou completamente solidário seja de guimarães,braga, porto, lisboa etc... Um adepto é um adepto e um dia são uns amanha outros não nos podemos esquecer.
E isto só vai ter fim quando deixarmos rivalidades insignificantes de lado e nos unirmos todos contra este verdadeiro massacre que tem vindo a acontecer.
Já se começa a fazer tarde, está na hora de AGIR e tomar ATITUDES.

FAMALICAO SEMPRE!!

greenboys disse...

OS ADEPTOS DO RIO AVE SEMPRE FORAM AMIGOS DOS BRACARENSES E OS BRACARENSES SEMPRE FORMAM AMIGOS DOS VILACONDENSES . A CULPA DESTE JOGA TER TERMINADO ASSIM FOI ESCLUSIVAMENTE DA POLICIA PQ EU COMO LIDER DA CLAQUE DOAS GREEN BOYS RIO AVE NO FINAL DO JOGO TIVE A COMBERCA COM O EX LIDER DOS RED BOYS JOMANÉ SOBRE O ENCONTRO E RESOLBEMOS TODOS OS PROBELEMAS . SÓ QUE UM GRUPO DA NOSSA CLAQUE COM IDADES DE 14 I 15 ANOS FORAM ATIRAR EDRINHAS FEITOS PARVOS AO AUTOCARRO DOS BRACARENSES SEM A DIRECÃO NÃO TEM KULPA DESTES ACONTECIMENTOS ...


PESSO DESCULPA EM NOME DOS GREEN BOYS

SE ME KISEREM INSULTAR OU CRITIKAR IOU MESMO AJUDAREM ADD pedro_moreira_silva@hotmail.com


abracos ultras