26 outubro 2009

Fabio Capello: «Claques mandam no futebol italiano»

Fabio Capello criticou o comportamento dos adeptos italianos em comparação com o que se vê noutros campeonatos, afirmando mesmo que "as claques fazem o querem nos estádios". As declarações do selecionador de Inglaterra surgem na sequência dos elogios do treinador do Chelsea, Carlo Ancelotti, à postura dos espectadores ingleses, que vão ao futebol "ver um espectáculo".

"Em Itália pode-se insultar quem se quiser. As claques mandam no futebol. Em Espanha há um respeito muito grande, as famílias vão aos estádios e levam crianças. Houve uma vez em que um espectador me atirou uma bola de papel e foi imediatamente expulso. Em Inglaterra os estádios estão sempre cheios e convida a ir ao futebol porque nunca acontece nada de mal", afirmou Capello, num seminário no centro de treinos Coverciano, em Florença, apontando a liberdade dada aos "ultras" italianos.

"Sinto muito pelo que se passa em Itália. As autoridades e os clubes têm que tomar medidas se querem que as pessoas voltem a encher os estádios lá", lamentou o técnico italiano, reclamando medidas.

In Record

3 comentários:

Emanuel disse...

Em Portugal é como em Italia.

Uma pessoa leva a familia e está sujeito a levar uma facada se for com um cachecol identificador de clube.

força avense disse...

se fosse como em itália, as facadas existiam, não eram apenas possibilidades. Não exagerem! Antes fosse como em Itália e os estádios estavam sempre cheios.

Hellas Verona disse...

Emanuel

Em Portugal, é como em Itália? Tu nunca deves ter entrado num estádio de futebol em Portugal e muito menos em Itália!
Eu acompanho o meu clube, e quando vou à bola, vejo muitas famílias, com os chachecois do seus clube, sejam ou não do meu e nunca vi ninguém levar uma facada nem ser agredido!
Claro que se tu fores ver um benfica-sporting, um porto-benfica, um sporting-benfica e se andares por là sozinho com o cachecol do rival és bem capaz de passar um mau bocado ou de ouvir umas bocas, mas isso faz parte da rivalidade no futebol, não é só em Portugal que isso acontece é em todo o mundo, agora dizer que se está sujeito a levar uma faca é no minimo ridiculo!
Nas Claques também existem, famílias, senhoras, crianças, velhotes, que secalhar estão mais sujeitos a ser agredidos por pertencerem a uma claque, quando acompanham o clube fora por parte da policia ou por parte de outros, pensa nisso!

ULTRA na vida não só no estádio!