23 junho 2009

Direcção do V.Guimarães recebida pelo MAI

Condizente com os "graves incidentes" que os adeptos do V. Guimarães viveram nas deslocações a estádios localizados no grande Porto na última época, a direção vitoriano solicitou no final de Abril uma audiência no Ministério da Administração Interna (MAI) que será realizada hoje à tarde com o respetivo ministro, Rui Pereira.
A contestação pública do clube ganhou corpo há cerca de dois meses e Emílio Macedo, presidente do V. Guimarães, queixou-se de que os associados do clube foram "tratados como assassinos". Na mira dos dirigentes está a atuação da Polícia de Segurança Pública, grosso modo, nas deslocações ao Boavista (Taça de Portugal), FC Porto e Leixões (campeonato), que deram pano para mangas junto do universo vitoriano ao longo da última temporada.
João Martins, diretor geral do V. Guimarães, de 39 anos, lamenta as manifestas segundas intenções na atuação das forças policiais junto dos adeptos. E, mais importante, o clube pretende uma nova forma de estar das autoridades na próxima época. "É público e notório o tratamento ostracizado e violento que foi dado aos nossos associados nos estádios na zona do grande Porto e solicitamos a audiência no MAI, porque queremos preservar o futuro", concluiu.

Fonte: Record

2 comentários:

Pintas disse...

O site da força avense ja tem feeds. Adicionem.

feed://forcaavense.com/index2.php?option=com_feederator&task=generateRSS&id=1

real republica disse...

A 1ª é nossa!