11 novembro 2007

Itália: Morte de um adepto provoca revolta

Centenas de Ultras invadiram esta noite a sede do Comitê Nacional Olímpico Italiano (CONI) situado nos arredores do estádio Olímpico de Roma. A partida entre a Roma e o Cagliari, que seria disputada no estádio Olímpico de Roma, este domingo, foi suspensa devido a morte de um adepto da Lazio.
Os Ultras, segundo a imprensa Italiana, dirigiram-se ao palácio do CONI, forçando a entrada, obrigando mesmo os vigilantes, que montavam uma barreira de segurança no local, a ceder.
Os adeptos, que horas antes tinham destruido uma esquadra da polícia e queimado várias viaturas, destruiram algumas zonas do edifício do CONI.
Estes confrontos provocaram uma dezena de feridos, entre manifestantes e policias.

1 comentário:

joao_24 disse...

Em Fevereiro as claques mataram um policia e agora um polícia matou um Ultra! Era uma questao de tempo até esperar este inverso da situação a que muitos questionavam o que fazer. Pois bem, estamos à espera de ver quais as medidas a aplicar!! Já sabemos que para todo o tipo de história, que quem as vai pagar vão ser os Ultras, porque para os merdas políticos são sempre os Ultras os culpados!

Grande Revolução, grandes Ultras, grandes tomates! Depois vêm para cá gajos dizer que em Itália não podem com um estalo ahahah, metam-se à estrada!

Porque é que o nosso povo não é assim? Porque é que ao fim de contas somos 10 milhões de cagões?

A força que tivemos noutros tempos já se passou, agora somos todos uns copos de leite!

Itália estará sempre no TOPO, quer queiramos quer não...

Mudemos as nossas mentalidades, a começar pela luta contra a merda das legalizações...